Wednesday, May 09, 2007

Estímulos estranhos

Não sei se foi o Flamengo sendo eliminado “dignamente” na Libertadores (tem coisa mais humilhante que eliminação digna?) ou o Clodovil sendo convidado pessoalmente pra um jantar na casa do Arthur Virgílio (a quem chamou de “homem tão bondoso, tão honesto”, seguido da confissão de que uma pauteira escolhe quem ele entrevista no programa porque “ele ainda não sabe muito bem quem é quem aqui”), mas certamente um dos dois me animou a vir aqui escrever.
(...)
Não, de fato, o motivo foi mais cinematográfico: fui ver 3 filmes hoje (tentando zerar o circuito antes de ir pra Cannes), e levei um susto porque o meu favorito foi Ó Pai, Ó (**) – os outros foram O Guardião (*) e Um Lugar na Platéia (*). Tudo bem que não esperava obras-primas, mas o primeiro me irritou pela cisma em disfarçar seu interesse por filmar um psicopata em potencial como um “estudo sobre uma pessoa que vive à margem dos acontecimentos”. Por que diabos não dar um cano de escape que fosse ao seu personagem? Porque a irmã tem que ser doente mental, a sobrinha tem que cantar mal e achar que canta bem, ele tem que ser interrompido de ir ao mar pela primeira vez pra ir acompanhar o seu patrão no banheiro ou a vida sexual dos seus patrões tem que ser filmada como desviante apenas porque incluem sexualidade juvenil e adultério? Tudo tão, tão esquemático para justificar o seu “desfecho chocante e surpreendente” (que, desnecessário dizer, não era um nem outro). Um filme esquemático e moralista disfarçado de algo importante por “fugir da narrativa de acontecimentos”. Tá bom. Acho que prefiro a honestidade de princípios da perfumaria francesa de Um Lugar na Platéia – mas sobre este escrevi (pouco) na Cinética.
(...)
Bom, a verdadeira motivação aqui era falar do Ó Pai, Ó... mas, fui escrevendo o post, escrevendo, escrevendo... e virou um texto pra Cinética. Então, entrará lá, e aqui deixo só os rapidinhos acima mesmo.

2 Comments:

Blogger valeska said...

que saudade de critica assim!
valeska
bj valente!

11:42 PM  
Blogger valeska said...

que saudade de critica assim!
valeska
bj valente!

11:42 PM  

Post a Comment

<< Home